Se a febre aumenta a temperatura do corpo, por que sentimos frio?

A febre é um mecanismo de defesa do corpo contra quadros de infecções. Por meio de circuitos fisiológicos e neuronais integrados, a temperatura do corpo é elevada para garantir a sobrevivência das células sob condições anormais no organismo1. Mas se a febre aumenta a temperatura do corpo, por que sentimos frio? E como baixar a febre? Confira!

Por que o corpo febril sente frio?

Quando o organismo detecta a presença de patógenos (vírus e bactérias, por exemplo), o hipotálamo faz a liberação do hormônio norepinefrina para estimular as contrações musculares e os arrepios responsáveis por gerar calor, o que resulta no aumento da temperatura corporal1.

Como os seres humanos são endotérmicos, o hipotálamo (porção cerebral), por meio de função que age como termostato, visa equilibrar a temperatura interna com a do ambiente externo2. No entanto, as células de defesa precisam elevar o calor corporal para reagir a infecções. Por isso, para garantir o aquecimento do corpo, o cérebro estimula a contração dos vasos sanguíneos para evitar a perda de calor. Assim, a maior parte do sangue é desviada para os órgãos internos e os vasos da epiderme, a camada mais externa da pele, ficam menos irrigados, gerando a sensação de frio2.

Saiba como baixar a febre

Antes de tudo, é preciso identificar se o grau de febre é prejudicial e, portanto, deve ser reduzido. Para isso, utilize um termômetro. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma pessoa está com febre quando sua temperatura axilar está acima de 37.5ºC3.

No entanto, a recomendação é usar medicações antitérmicas somente para febres a partir de 38.2ºC4. É importante destacar que o uso de antitérmicos sem orientação médica não é recomendado, pois é preciso investigar a causa da febre para obter um tratamento adequado às necessidades de cada paciente5.

Em caso de indicação de antipiréticos, a associação desses medicamentos com o uso da bolsa de gelo apresentou eficácia na redução da temperatura corporal de adultos febris6. Os cuidados a serem tomados para baixar a febre não devem se basear apenas na temperatura corporal. Os demais sinais clínicos também devem ser avaliados por um médico para uma intervenção precisa6.

Entenda a importância da febre durante uma infecção

A febre desempenha um valor biológico importante: ela exerce um efeito limitante na proliferação de bactérias e na replicação de vírus que invadem o corpo humano, além de estimular o processo imunológico, induzindo a atividade de células de defesa como a interleucina-1 e células T auxiliares, e a síntese de imunoglobulina5.

As temperaturas febris fazem parte dos 4 sinais clássicos de processos inflamatórios, os chamados sinais cardinais. Além da febre, as outras manifestações características de infecções são dor, inchaço e vermelhidão1.

MAT-BR-2004444