Resfriado: lavagem nasal pode ajudar no tratamento?

O nariz entupido é um dos principais sintomas do resfriado. Em pessoas resfriadas, o incômodo costuma durar até dez dias, mas em alguns casos pode persistir por até três semanas.1 Uma maneira simples e efetiva que é recomendada para aliviar a sensação de nariz entupido é a chamada irrigação ou lavagem nasal.2 Siga a leitura para conferir como fazer lavagem nasal corretamente.

Conheça os benefícios da lavagem nasal

Não existe um remédio próprio para curar o resfriado. O tratamento, portanto, deve focar no alívio dos sintomas. Para isso, pode ser indicada a administração de descongestionantes para combater a obstrução nasal.3

Outra medida é a lavagem do nariz, que entra no tratamento como um método não medicamentoso. O maior estudo feito sobre lavagem nasal com solução salina provou que a técnica melhora significativamente os sintomas de gripe e resfriado em comparação com o uso isolado de remédios. O estudo também mostrou que a lavagem nasal previne o desenvolvimento do processo inflamatório de rinossinusite que pode acontecer após a gripe ou resfriado.2

A lavagem nasal não oferece benefícios apenas para quadros de gripe e resfriado. Quem sofre de rinite alérgica e sinusite, por exemplo, também pode aproveitar o método.2 Por ser um sintoma muito comum, a congestão nasal pode passar despercebida como apenas um desconforto, mas pode gerar complicações que afetam diretamente a qualidade de vida. Quando persistente, a congestão nasal pode provocar apneia obstrutiva do sono, que causa fadiga diurna, queda de concentração e de produtividade.4

Como fazer lavagem nasal?

A lavagem nasal deve ser feita com uma solução salina, como o soro fisiológico. Basta aplicá-lo em uma das narinas com a ajuda de uma seringa sem agulha, até que a solução saia pela outra narina. Repita o procedimento algumas vezes. Essas soluções são descongestionantes naturais por terem uma concentração de sal mais alta do que os tecidos corporais e ajudam a diluir o muco viscoso que se acumula durante as infecções do trato respiratório superior.2

MAT-BR-2104025