Qual a frequência normal de resfriados em crianças?

Caracterizado como uma infecção viral aguda e autolimitada do trato respiratório superior, envolvendo nariz, seios da face, faringe e laringe, o resfriado é causado por diversos vírus, sendo o rinovírus o principal deles, responsável por mais de 50% dos casos clínicos1. Entenda qual é a frequência do resfriado em crianças!

Resfriado em crianças é uma infecção comum

O resfriado também é conhecido como rinofaringite e sua transmissão acontece por meio de gotículas produzidas pela tosse e espirros (semelhante a borrifada de um aerossol) ou pelo contato das mãos contaminadas pelo vírus2.

O resfriado em crianças costuma acontecer de sete a dez vezes por ano, o dobro da frequência em adultos, que são acometidos de duas a cinco vezes anualmente. Por estarem com o sistema imunológico em desenvolvimento, os pequenos com idades entre seis meses e dois anos são os mais suscetíveis à ação desse vírus3.

Conheça os principais sintomas de resfriado

Os sintomas de resfriado são dor de garganta, coriza, nariz entupido, espirros, tosse seca e febre, quando aparece, de intensidade variável, podendo ser mais alta em menores de cinco anos. Os bebês que ainda estão sendo amamentados também podem apresentar inquietação, choro, falta de apetite, vômito, dificuldades para dormir e respirar2. A duração do resfriado é de aproximadamente sete a dez dias, mas esse tempo pode ser mais curto ou longo, dependendo do caso4.

Existe remédio para resfriado? Veja como é feito o tratamento!

Na verdade, não existe remédio para resfriado. O tratamento é feito para aliviar os sintomas e inclui repouso, principalmente no período febril, hidratação (ingestão de bastante líquido) e dieta, se a criança aceitar a alimentação. Também é importante fazer uma higiene permanente das vias aéreas congestionadas, incluindo a desobstrução do nariz com uso de soro fisiológico2. Já os antitérmicos ou analgésicos também podem ser utilizados para o tratamento da febre. Para as crianças que têm mais de um ano de idade, é válido dar um pouco de mel na hora de dormir1. Vale lembrar que é importante passar por uma consulta médica antes de iniciar qualquer tratamento e que qualquer procedimento, como por exemplo a desobstrução das vias aéreas congestionadas, deve ser feito ou supervisionado por um profissional especializado.

De fato, não existe um medicamento específico para os resfriados em crianças e nem estudo que comprove, por exemplo, o benefício do uso da vitamina C no tratamento das infecções respiratórias na infância como forma de reduzir a frequência ou gravidade da rinofaringite. O objetivo maior é aliviar os sintomas, que tendem a desaparecer com o tempo, proporcionando a cura espontânea. Como medida preventiva, o melhor a fazer é lavar as mãos2.

MAT-BR-2100241